DRENAGEM POSTURAL


[espanhol] [portugués] [informação alfa-1] [boletim informativo] [donativos]

[informate] [grupos de apoio] [links] [deteção e registo] [ponto de encontro] [referencias] [list]

[temas de interesse] [novo] [contácta-nos]


INFORMACIÓN ALFA-1 / REHABILITACIÓN PULMONAR 

 

A acumulação de secreções bronquiais em excesso é um fator complicante principal nos pacientes com DPOC e é particularmente crítica quando a doença tem avançado tanto que o mecanismo da tosse e a acção broncocilar estão gravemente afetados. A acumulação de secreções mucoides e mucopurulentas constitui uma fonte permanente para a reativação duma infecção bacteriana. Ademais, pode interromper a corrente de ar e causar uma obstrução temporal ou permanente das vias aéreas. Portanto, o segundo passo na reabilitação do dano pulmonar implica a extração destas secreções acumuladas na árvore bronquial por meio da drenagem postural.

A drenagem postural, também denominada drenagem gravitatória, é o meio preferido e melhor tolerado para a limpeza da árvore bronquial. (As técnicas do tipo da aspiração ou lavagem bronquial causam um mau-estar considerável e requerem a miúdo um anestésico local e pessoal sanitário especializado.) Pode ser praticado de modo eficaz no domicilio do paciente com a ajuda dum membro da familia. Ademais, também tem valor a maneira de que o paciente seja capaz de participar ativamente na sua própria terapia, em vez de ser simplesmente um receptor passivo.

É essencial a preparação prévia do paciente para reduzir a viscosidade das secreções espessas e obter uma drenagem gravitatória espontânea da árvore bronquial. Esta preparação compreende a inalação dum aerossol aquecido, um broncodilatador e, se é necessário, um agente mucolítico apropriado (estes dois últimos são aspectos da BPPI). A hidratação adequada também é importante para facilitar a drenagem (beber muita água durante o dia).

Á continuação, usa-se a drenagem por meio das seguintes manobras manuais ou operadas elétricamente para desalojar e ajudar a expulsar até á traquéia as secreções agarradas:

  • percussão com batimento de vibração rápida,
  • batimento com a mãos em forma de taça e
  • ultra-sons de alta frequência.

Estas técnicas aplicam-se onde a drenagem é mais necessária, encima da parede torácica anterior e posterior, e repetem-se durante o tempo em que o paciente mantém cada posição ou postura.

A colocação apropriada do paciente, que é primodial, faz-se de acordo com a distribuição e configuração dos segmentos broncopulmonares.

Drenagem do lóbulo superior direito e dos segmentos apicais do lóbulo  superior esquerdo

DRENAJE LÓBULO SUPERIOR DERECHO Y SEGMENTOS APICALES LÓBULO SUPERIOR IZQUIERDO

Para conseguir uma drenagem máximo de dois segmentos apicais do lóbulo superior, o mais eficaz é uma posição eréta ligeiramente reclinada

Drenagem de traquéia e bronquios maiores

DRENAJE TRAQUEA Y BRONQUIOS MAYORES

Para a drenagem da traquéia e os bronquios principais, deve tomar a postura de ângulo reto con a cabeça para baixo.

A posição com a cabeça para baixo (Trendelenburg) deve utilizar-se para drenar os lóbulos pulmonares meio e inferior. Esta última posição, que se mantém (no hospital ou domicilio) sempre que o paciente esteja em posição de boca para cima ou de boca para baixo, requer um elevador na cama ou uma cama de hospital para a elevação apropriada.

Drenagem do segmento superior do lóbulo inferior esquerdo

DRENAJE DEL SEGMENTO SUPERIOR DEL LÓBULO INFERIOR IZQUIERDO

Drenagem do segmento inferior do lóbulo superior esquerdo

DRENAJE DEL SEGMENTO INFERIOR DEL LÓBULO SUPERIOR IZQUIERDO

Drenagem dos segmentos basais do lóbulo inferior esquerdo

DRENAJE DE LOS SEGMENTOS BASALES DEL LÓBULO INFERIOR IZQUIERDO

Drenagem do segmento medial de lóbulo meio direito

DRENAJE DEL SEGMENTO MEDIAL DEL LÓBULO MEDIO DERECHO

Drenagem do segmento lateral do lóbulo meio dereito

Drenaje del segmento lateral del lóbulo medio derecho

Drenagem dos segmentos basais do lóbulo inferior direito

drenaje_seg.basales_lob.inf.der.jpg (8181 bytes)

A maior parte dos pacientes toleram bem estas posições, com a exceção de alguns doentes debilitados que podem experimentar inicialmente dificuldades para adotar a posição em ângulo reto com a cabeça para baixo. Em tais casos, esta posição deve adotar-se de forma muito gradual, e só no grau de tolerância individual.

A drenagem postural deve praticar-se duas vezes ao dia, preferivelmente antes do desjejum e do jantar. Cada posiçãp deve manter-se entre 3 e 5 minutos. Se é possivel, um membro da familia deveria acompanhar ao paciente durante o seu treinamento inicial e obter uma preparação ótima para a sua assistência no tratamento a domicilio.

 boton_inicio_pagina.jpg (2253 bytes)


Última revisión en 05/06/2012


[espanhol] [portugués] [informação alfa-1] 

[boletim informativo] [donativos] [informate] [grupos de apoio] [links]

[deteção e registo] [ponto de encontro] [referencias] [site] [temas de interesse]

 [novo] [contácta-nos]


A informação apresentada na página web não deve ser um substituto da recomendação

 ou tratamento médico. A Fundação recomenda que consulte com

 o seu médico ou profissional da saúde. 

Traduzido por: Amadeu José Ferreira Monteiro

Tel. (34) 933-574-724

E-mail: amadeujfmonteiro@hotmail.com


Esta página é administrada pela Fundação Alfa-1 de Porto Rico.

Fundação Alfa-1 de Porto Rico

PMB 318, 2000 Carr. 8177, Suite 26

Guaynabo, Puerto Rico (USA) 00966-3762

Tel. 787-647-7073

E-mail: info@alfa1.org